BoituvaSP
Artigo publicado por Henderson Barbosa - 24/07/2014
Boldrini fará aquisição de equipamento para aprimorar diagnóstico das hemoglobinopatias
"Feijoada dos Amigos Boldrini será realizada no Royal Palm Plaza"
Boldrini fará aquisição de equipamento para aprimorar diagnóstico das hemoglobinopatias - BoituvaSP Será realizada no dia 3 de agosto, na Casa de Campo do Royal Palm Plaza Resort, em Campinas, a terceira edição da Feijoada dos Amigos Boldrini. O evento reverte 100% da venda dos convites para o Centro Infantil Boldrini, hospital campineiro referência no tratamento de crianças e adolescentes com doenças oncohematológicas.

Os recursos arrecadados com o evento serão aplicados pelo Boldrini na aquisição do equipamento D-10 Hemoglobin Testing System, para a rotina diagnóstica das hemoglobinopatias (distúrbios congênitos das hemoglobinas), em pacientes com anemia desde o nascimento. A vantagem dessa nova tecnologia, segundo a bióloga Leonice Fraga da Silva, “será de melhorar a qualidade e a rapidez dos exames, pois é um equipamento com metodologia de automação (HPLC)”.

O D-10 é um dispositivo analisador completamente automatizado, constituído por um único módulo que proporciona um método integrado na preparação de amostras, bem como para a separação e determinação de hemoglobinas específicas no sangue total. O sistema é um analisador de volume médio com capacidade para incluir entre 1 e 10 amostras por cada execução.

Os convites para a Feijoada dos Amigos Boldrini podem ser adquiridos no Centro Boldrini, com Cristina Pereira pelo telefone (19) 3787-5115 ou na Loja Ponto Cambuí (19) 3304-2228. Os convites do primeiro lote até serem esgotados serão vendidos por 150 reais cada. No segundo lote o convite custará 180 reais e no o terceiro lote 200 reais.

Hemoglobinopatias

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 7% da população mundial carrega uma mutação do gene da hemoglobina. Estima-se que cerca de 3 mil crianças nascem com doença falciforme por ano no Brasil e 200 mil com o traço falciforme (não desenvolvem a doença). O Centro Boldrini trata atualmente 867 portadores de hemoglobinopatias, sendo 739 por doença falciforme e 128 por talassemia. A talassemia é doença mais relacionada com a descendência italiana e países do Mediterrâneo. Por ano, o hospital campineiro recebe cerca de 40 novos casos de doentes portadores de anemia falciforme.

A anemia falciforme é a doença hereditária mais comum no Brasil, África, América Central e nos Estados Unidos. Ela é causada por uma mutação genética da hemoglobina, tornando-a anormal e dando aos glóbulos vermelhos o formato de uma foice, por isso a denominação. Na Região Sudeste do Brasil, a prevalência do gene anormal é de 2,4% (traço). No Nordeste atinge entre 4% e 6% subindo para até 10% entre os negros. Segundo a OMS, no Brasil existem mais de 2 milhões de brancos ou negros portadores do traço da doença falciforme.


Boldrini − O Centro Infantil Boldrini, hospital filantrópico localizado em Campinas (SP), é referência latino-americana e há 36 anos trata crianças e adolescentes com câncer e doenças do sangue. Atualmente, o Boldrini atende cerca de 7 mil pacientes, a maioria (80%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Um dos centros mais avançados do país, o Boldrini reúne alta tecnologia em diagnóstico e tratamento clínico especializado, com índice de cura de 70% a 80% em alguns tipos de câncer − comparáveis ao Primeiro Mundo −, disponibilidade de leitos e atendimento humanitário às crianças portadoras dessas doenças.

veja também
Boituguia
BoituvaSP
BoituvaSP 2018 - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por BoituvaSP