BoituvaSP
Artigo publicado por Henderson Barbosa - 26/07/2014
CDHU fará inscrições dos primeiros 178 apartamentos em agosto
"Distribuição de senhas para inscrição acontecerá nos dias 14 e 15 de agosto, no Centro de Eventos"
CDHU fará inscrições dos primeiros 178 apartamentos em agosto - BoituvaSP Distribuição de senhas para inscrição acontecerá nos dias 14 e 15 de agosto, no Centro de Eventos. Após 10 anos sem investimentos em habitação popular, Boituva volta oferecer moradias á famílias de baixa renda. Programa Habitacional da Prefeitura prevê ainda implantação de 1.098 unidades: com mais 120 apartamentos (CDHU) e 800 casas do Minha Casa Minha vida, sendo 500 na primeira etapa e 300 na segunda.

Após 10 anos sem receber investimentos em casas populares, Boituva está próxima de mudar esta situação. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano, da Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo, divulgou nesta semana, os critérios de inscrição para as famílias interessadas em participar do processo de sorteio dos 178 unidades habitacionais (apartamentos), do Conjunto Habitacional Boituva F.
O processo de inscrição se dará em duas etapas. A primeira delas é apenas de agenda e a retirada das senhas, que acontece somente nos dias 14 e 15 de agosto, das 9h às 17h, no Centro Municipal de Eventos. Somente as famílias agendadas e com senhas é que poderão realizar suas inscrições, entre os dias 18 a 22 de agosto, das 9h às 17h. O candidato deve ficar atento, pois não serão realizados atendimentos fora do dia e horário marcado em seu agendamento.
A CDHU e a Prefeitura de Boituva alertam que famílias já cadastradas neste município e não beneficiadas, assim como aquelas que participaram da pesquisa de demanda habitacional em 2013, devem comparecer para fazer este novo cadastramento. O não comparecimento será considerado como desistência.
Público Geral
Basicamente, poderão se inscrever famílias que residem ou comprovadamente trabalham no município há mais de três anos; não ser proprietário e não possuir financiamento de imóvel em qualquer parte do território nacional; não ter sido atendido anteriormente por programas habitacionais da Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo.
A renda familiar obrigatória é de 1 à 5 salário minímos. Serão validadas somente 1 inscrição família e menores de 18 anos não poderão realizar inscrições, a menos que comprovem emancipação.
No ato do agendamento, o interessado deverá apresentar apenas o documento com foto (RG, CNH, entre outros). Contudo, no momento da inscrição, será obrigatório a apresentação dos seguintes documentos originais: RG, CPF (ambos do casal e quando necessário); Certidão de Nascimento dos Filhos e Certidão de Casamento; Comprovante de residência com CEP (para correspondência); comprovante de renda e comprovante de tempo de moradia ou trabalho no município.
Comprovação de 3 Anos em Boituva
Para comprovar o tempo de moradia da família ou trabalho no município, o candidato deverá apresentar no momento da inscrição os seguintes documentos: Carteira de Trabalho com registro no município atualizado; contrato de aluguel com reconhecimento de firma à época da assinatura ou carteira de vacinação do município, para filhos com idade até seis anos ou atestado escolar para filhos maiores que 7 anos ou declaração do posto de saúde atestando o início e a frequência do atendimento do interessado.
Policiais, Idosos e deficientes
Das 178 unidades disponibilizadas para sorteio, 4% serão destinadas a policiais civis, militares, agentes de segurança penitenciária, agentes de escolta e vigilância penitenciária. Nestes casos, além dos documentos citados, deverão apresentar uma declaração do comandante, constando o tempo de lotação do servidor no município. Os Guardas municipais não se enquadram nesta cota, mas poderão participar do sorteio geral.
Para os idosos com 60 anos ou mais, o programa reserva uma cota de 5%, devendo apenas apresentar documentos já mencionados no ato de inscrição. Para família com pessoas com deficiência grave ou irreversíveis, a cota reservada será é de 7%, sendo que posterior ao processo de inscrição, ainda antes do sorteio, será necessária a realização de uma perícia médica, conforme legislação vigente.
Mais 920 unidades
Além destes 178 apartamentos, o programa habitacional da Prefeitura de Boituva prevê a implantação de outras 920 unidades habitacionais para famílias de baixa renda. Pela CDHU, estão previstas a implantação de outros 120 apartamentos do Conjunto Habitacional Boituva G, além de 800 casas do programa Minha Casa Minha Vida, sendo 500 na primeira etapa e outras 300 numa segunda etapa

veja também
Boituguia
BoituvaSP
BoituvaSP 2018 - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por BoituvaSP