BoituvaSP
Artigo publicado por Henderson Barbosa - 02/06/2013
Governador de SP defende fim do "engessamento" de ‘A Voz do Brasil’
" o tucano defendeu mudanças na transmissão do programa que divulga notícias dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais."
Governador de SP defende fim do O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), defendeu o fim do que chamou de “engessamento” de ‘A Voz do Brasil’. Em discurso que marcou a abertura da 1ª Jornada de Capacitação da Associação das Emissoras de Rádio e Televisão do Estado de São Paulo (Aesp), o tucano defendeu mudanças na transmissão do programa que divulga notícias dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais.


Alckmin critica 'A Voz do Brasil' em tempos de plataformas multimídia (Imagem: Marcelo Camargo/ABr)
Citando plataformas multimídia, Alckmin criticou a atração produzida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). “Temos nos posicionado, já há muito tempo, contra esse engessamento da 'Voz do Brasil'. Isso hoje, com plataforma multimídia, redes sociais e internet, não tem mais o menor sentido”.

Chata e ultrapassada
Na última semana, o apresentador das rádios Bandeirantes e Bradesco Esportes FM, Ricardo Capriotti, criticou a obrigatoriedade da transmissão da ‘Voz’. “É um abuso e um retrocesso interromper a programação de uma emissora de rádio às 19h para impor a exibição dessa coisa chata e ultrapassada”, avaliou.

No ar desde 1935, a atração começou a ser transmitida no governo de Getúlio Vargas, com o nome de ‘Programa Nacional’. Desde 1971, por determinação do então presidente militar, Emílio Garrastazu Médici, o programa se chama ‘A Voz do Brasil’.

veja também
Boituguia
BoituvaSP
BoituvaSP 2018 - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por BoituvaSP