BoituvaSP
Artigo publicado por Henderson Barbosa - 05/08/2014
Penitenciária de Porto Feliz recebe detentos a partir da próxima semana
"Unidade inaugurada nesta terça-feira possui ambulatório, sala para atendimento dentário e celas para visitas íntimas"
Penitenciária de Porto Feliz recebe detentos a partir da próxima semana - BoituvaSP A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), inaugurou em cerimônia na manhã desta terça-feira (5) o Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Porto feliz, com capacidade para abrigar 1.080 reeducandos em regime semiaberto, destinado a atender a demanda de vagas prisionais. O custo da obra é de R$ R$ 59.019.114,77 e inclui espaços específicos para atendimento médico, dentista e visitas íntimas. A unidade passa a receber detentos a partir da próxima semana.
A inauguração contou com a presença do secretário de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, Lourival Gomes, que guiou uma visita monitorada pelos setores da penitenciária.

Esta é a 15ª unidade prisional do Plano de Expansão e a segunda a ser entregue em 2014. A unidade é a primeira da região exclusivamente para presos que cumprem pena em regime semiaberto. O CPP está localizado em zona rural, na Estrada Municipal Porto Feliz/Rafard, s/n, no município de Porto Feliz.

O novo CPP foi projetado para oferecer oportunidades de ressocialização através do trabalho/estudo e demais condições estabelecidas na Lei, pois possui pavilhão de trabalho e serviços como cozinha industrial, salas de aula e setor de saúde. O prédio é circundado por alambrados e construído fora do perímetro urbano.

A nova estrutura é construída com base em projetos de engenharia que, segundo a SAP, visam pelas boas condições de custódia dos presos - com foco na segurança e na ressocialização - e com infraestrutura para abrigar atividades laborais e educativas.

A unidade possui oito galpões de trabalho, setor de saúde, lavanderia, cozinha, salas de aula, sala de leitura, celas para visita íntima, capela, espaço de múltiplo uso, sanitários para visitantes, barbearia, refeitório de reeducandos, playground, quadras poliesportivas, praças, alojamentos e horta e oficina de manutenção de veículos.

Os alojamentos constituem-se de prédios agrupados e comportam dois cadeirantes por alojamento. Nesta unidade prisional, os esgotos sanitários serão tratados em sistema compacto, instalado nos limites do terreno. O atendimento à demanda de água será realizado por meio de quatro poços tubulares profundos.

veja também
Boituguia
BoituvaSP
BoituvaSP 2018 - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por BoituvaSP