BoituvaSP
Artigo publicado por Henderson Barbosa - 22/07/2014
Voz do Brasil
"Comissão do Congresso aprova flexibilização da ‘Voz do Brasil’"
Voz do Brasil - BoituvaSP Comissão mista do Congresso aprovou medida provisória que libera as emissoras de rádio para retransmitirem o programa 'Voz do Brasil' em qualquer horário entre 19h e 22h. O texto original previa a flexibilização durante a Copa do Mundo, mas o relator, senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) manteve essa determinação, mesmo após o fim dos jogos.

Atualmente, tramitam na Câmara vários projetos que tratam da flexibilização da 'Voz do Brasil', mas o tema divide a opinião de parlamentares e profissionais de comunicação.

Para Chico Sant'Anna, do Movimento dos Defensores da Voz do Brasil, a flexibilização vai levar à extinção do programa, porque os ouvintes não terão como saber o horário em que o programa será transmitido. Ele destacou ainda que atualmente a audiência do programa chega a 22% da população.

"Sendo que nas regiões Norte e Nordeste essa audiência cotidiana é de 50%, 60%. Então, retirar a 'Voz do Brasil' desse horário e colocar em horários alternativos, e mais tarde da noite, significa caçar o direito de audiência dessa população, que é a população mais carente de informação, que não tem acesso à internet, que não tem jornal e que tem dificuldade de ver televisão e ser informado".

Ex-presidente da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e TV (Abert), Daniel Slavieiro explicou que durante o período da Copa - em que foi permitida a flexibilização - só 34% das rádios fizeram essa alteração em sua programação. Mesmo assim, ele defende que deve existir a liberdade de escolha.

"A flexibilização da 'Voz do Brasil' é importante do ponto de vista do ouvinte e da população brasileira, que tem o seu direito de escolha para poder ouvir às 19h a própria 'Voz do Brasil' ou qualquer outro programa da sua preferência".

Criado em 1935, no governo Getúlio Vargas, a 'Voz do Brasil' é um dos programas mais antigos do mundo e vai ao ar obrigatoriamente, de segunda a sexta, às 19h. Nele, são transmitidas informações dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. A medida provisória teve sua validade estendida até setembro. Nesse período, deve ser apreciada pelos plenários da Câmara e do Senado.

veja também
Boituguia
BoituvaSP
BoituvaSP 2020 - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por BoituvaSP